40 anos Vipal: um aniversário que vai ficar pra história

LGPD: o impacto da Lei Geral de Proteção de Dados no marketing da sua empresa
Agência de publicidade: por que contratar, se posso internalizar?
Humildade situacional para resolver problemas (parte 2)

Mini-flashback: era uma vez, na cidade de Nova Prata, em 1973, um homem que tinha um sonho. Recursos financeiros eram quase nulos, mas não faltava vontade, criatividade e apoio da família. Aos poucos o sonho foi ganhando forma, nome, e depois de muito trabalho, veio o reconhecimento: estava criada a maior empresa do setor de borrachas do Brasil. O homem dessa história real é Vicencio Paludo, e o sonho, claro, chama-se Vipal. Fim do mini-flashback, vamos para o meio de 2012: quase 40 anos depois da fundação da empresa, a Duplo recebe a missão de criar a campanha comemorativa dessa data tão especial quanto estratégica para a Vipal. Visualiza o nosso Planejamento, um dia depois de receber o desafio, mergulhando a fundo nos mínimos detalhes de toda a trajetória da empresa, depois corta para a Criação, em chamas com a campanha que havia entrado na pauta. Avançamos alguns vários dias de trabalho e pronto, voltamos ao presente: para celebrar a bela história construída por Vicencio Paludo, vamos escrever ao longo de um ano uma outra narrativa igualmente bacana. O primeiro capítulo dessa história que (re)criamos já começou a ser contado no último fim de semana, na festa de fim de ano da Vipal em Nova Prata:

Foi lá na confraternização que apresentamos a logo desenvolvida para acompanhar toda a comunicação da Vipal em 2013. Com uma estratégia focada em reforçar a marca para os seus diferentes públicos, dos internos aos externos, a campanha resgata a história de seu Vicencio como inspiração para construir o futuro promissor que a empresa tem pela frente.

Durante a comemoração em Nova Prata, além da apresentação da marca comemorativa, começamos a retrospectiva a partir da origem de tudo: o berço de seu Vicencio, de onde veio a mistura das culturas italiana e brasileira que segue no DNA da Vipal (repare as bandeirinhas ao fundo, que já anunciam a temática ítalo-brasileira da festa).

Mas, claro, não contamos só com as bandeirinhas para dar o tom da celebração: trouxemos também atores para encenar a epopéia italiana, retratando a saga dos imigrantes que desbravaram as terras gaúchas no fim do século XIX – mesma época em que o primeiro representante da família Paludo chegou ao Brasil.

Foi uma tarde memorável para os que estiveram presentes, sem dúvida. Teve descontração, teve discurso emocionado e emocionante, teve mesa farta, teve elogio do cliente. E pra fechar a programação do dia, a cereja do bolo foi esta singela lembrança que é pequena no tamanho, mas grande no significado: os doces simbolizam uma tradição familiar natalina dos Paludo, e a moeda um desejo de prosperidade para o ano que estava prestes a começar – seu Vicencio, no Ano Novo, recebia do seu pai uma moedinha na tentativa de materializar o desejo de sucesso.

A programação em torno dos 40 anos da Vipal é tão intensa quanto a trajetória da empresa. Muitos outros capítulos emocionantes e surpreendentes estão previstos para 2013, e estamos nos segurando para não contar tudo o que vem por aí. Nem vamos dizer que envolve um caminhão percorrendo todo o… Ok, chega de spoiler!