Bandeiras tarifárias: você sabe por que a conta de luz aumenta?

LGPD: o impacto da Lei Geral de Proteção de Dados no marketing da sua empresa
Agência de publicidade: por que contratar, se posso internalizar?
Humildade situacional para resolver problemas (parte 2)

Essa é uma discussão que tomou conta da mídia e da vida brasileira nos últimos meses. Todo mundo consome energia todos os dias e só se dá conta quando, por algum motivo, ela vem a faltar. E, de uns tempos pra cá, a gente bem sabe que o Brasil passou por momentos bem complicados em relação à energia elétrica.

Foi aí que começamos a ouvir o termo “bandeiras tarifárias” – que servem como um sinal, nas contas de luz, indicando aos consumidores o custo de produção de energia no país. E, ao reajustar os valores, o objetivo, de acordo com a Aneel, é trazer realismo para o preço da eletricidade. Os recursos adicionais que são arrecadados com as bandeiras vão bancar o uso de termelétricas (usinas movidas a combustíveis como óleo e gás e que geram energia mais cara), além da compra, pelas distribuidoras, de energia no mercado à vista, onde o preço também é mais alto.

Mas como apresentar isso pros clientes da AES Sul? Não raro, muitos pensam que os aumentos na conta de luz acontecem por escolha da própria concessionária de energia e não como uma medida do governo. Por isso, precisávamos de peças super claras e explicativas, utilizadas nos mais diferentes canais da empresa, no on e no offline.

Confira:


Folder

Folder


Card de Facebook

Card de Facebook

Card de Facebook
Bacana, né? Para seguir acompanhando as publicações da AES Sul, curta a fanpage no Facebook.