Casa de Getúlio: sejam todos bem-vindos!

LGPD: o impacto da Lei Geral de Proteção de Dados no marketing da sua empresa
Agência de publicidade: por que contratar, se posso internalizar?
Humildade situacional para resolver problemas (parte 2)

18 meses, três encartes, histórias incríveis e muita pesquisa e envolvimento depois, é com orgulho que anunciamos que a restauração do Museu Getúlio Vargas, em São Borja, foi finalizada – e agora já pode receber todos aqueles que desejam conhecer um pouco mais sobre a vida de um dos mais icônicos e controversos presidentes do nosso país.

Para quem não lembra, todo o projeto de revitalização da casa em que Getúlio viveu foi patrocinado pela AES Sul. E nós fomos os responsáveis por levar ao público algumas das maiores passagens, curiosidades e fatos históricos que marcaram a trajetória do Brasil enquanto Vargas esteve no comando.

No casarão histórico, agora com espaços mais modernos, os visitantes encontram, além do acervo de peças que já pertenciam ao museu antes da reforma, uma sala de vídeo e até mesmo um espaço para pesquisa, com materiais ainda inéditos – fotografias, inclusive. Muito mais do que um espaço para reunir a história do país, o local também vai funcionar como um excelente ativador da economia e cultura da cidade, tornando-se um atrativo para turistas, pesquisadores e para a comunidade.

E é com orgulho que nos despedimos desse projeto incrível: afinal, remontar a história do Brasil em três etapas foi uma tarefa daquelas, mas recompensada quando vemos o material prontinho, em nossas mãos. E ficou bonito demais, né? Tanto os textos quanto o projeto gráfico do encarte, que circulou em São Borja, foram feitos pela Duplo e pensados para que cada leitor fizesse uma viagem no tempo – e ao mesmo tempo, fossem convidados a continuar essa baita história.

O Museu Getúlio Vargas fica na Av. Presidente Vargas, nº 1.772, centro de São Borja.