Humildade situacional para resolver problemas (parte 1)

Agência de publicidade: por que contratar, se posso internalizar?
Humildade situacional para resolver problemas (parte 2)
Um site de registro de marca com foco em captação de leads

Para falar de humildade situacional, precisamos inicialmente lembrar que, como pessoas, possuímos quatro tipos de conhecimento:

  1. Aquilo que eu sei que eu sei
  2. Aquilo que eu sei que não sei
  3. Aquilo que eu não sei que sei
  4. Aquilo que eu não sei que não sei (ou seja, aquilo que acho que sei)

A arrogância de acharmos que sabemos de tudo é perigosa, principalmente para quem trabalha no campo da comunicação. Esse comportamento nos impede de aproveitar a área do conhecimento em que temos mais oportunidades de crescer. Muitas vezes, quando achamos que sabemos e afirmamos algo como certo, a mente se fecha para o novo, já que assumimos o que conhecemos como verdade. A própria mente se torna um obstáculo para nossa evolução, e fica difícil enxergar as coisas além do que está exposto na superfície. Frequentemente, acabamos deixando escapar algo e perdemos chances valiosas.

Por outro lado, ao desenvolvermos a humildade situacional, assumindo a postura de quem não sabe tudo, mantemos a mente curiosa e aberta ao novo. Dessa maneira, aumentamos bastante a capacidade de ressignificar problemas e estímulos que nos são apresentados para, a partir deles, construir soluções mais assertivas nas empresas em que trabalhamos.  

Humildade situacional para resolver problemas (parte 1)

Humildade situacional para entender melhor o cliente

Não é a toa que na Agência Duplo toda relação com um novo cliente começa com o nosso produto de diagnóstico denominado Imersão, através do qual procuramos conhecer melhor o negócio do cliente e seu contexto, colocando à prova todas as verdades que ele nos traz. É um momento em que ouvimos e observamos muito, mas também questionamos mais ainda buscamos nas entrelinhas, no desconhecido, enxergar por novos ângulos, mergulhando no mundo do cliente e ressignificando suas verdades.

A Imersão é um investimento de tempo e recursos fundamental para a realização de um trabalho de comunicação eficiente e eficaz. Com o aprendizado gerado durante a imersão, conseguimos adquirir nosso “direito de piso”, primeiro entendendo melhor o cliente e seu negócio, para então sugerir soluções que coloquem a empresa em movimento – o mais rápido e com o menor esforço possível – em direção aos resultados almejados. Ao término do projeto de Imersão, teremos mapeado as iniciativas de comunicação que vão gerar real valor para o cliente e compor seu trabalho de comunicação e marketing conosco.

“We fail more often because we solve the wrong problem than because we get the wrong solution to the right problem.”Russell L. Ackoff

Gosto de lembrar sempre que a comunicação não é uma ciência exata. Porém, isso não significa que não possamos evoluir além dos “achismos” que, por vezes, ditam os trabalhos dessa área. Na Duplo, acreditamos que há técnicas para amenizar a margem de erro do que fazemos, principalmente quando acrescentamos à receita uma bela pitada de dados + metodologia + criatividade + muita humildade situacional.

No próximo post, compartilho algumas dicas que podem ajudar a aumentar sua assertividade na resolução de problemas a partir da humildade situacional.

Quer saber como colocar a comunicação a serviço do seu negócio? Venha tomar um café conosco.

Tuti Marques
Diretor da Agência Duplo