Melhoria contínua, uma aliada para a gestão

LGPD: o impacto da Lei Geral de Proteção de Dados no marketing da sua empresa
Agência de publicidade: por que contratar, se posso internalizar?
Humildade situacional para resolver problemas (parte 2)

Processo é uma palavra com origem no latim procedere, que significa método, sistema, maneira de agir ou conjunto de medidas tomadas para atingir algum objetivo. No mercado atual de comunicação, processos nem sempre existem, e, na maioria dos casos, não são vistos com bons olhos, pois o ato de “controlar/monitorar” pode soar como algo que inibe os criativos. Em alguns lugares, ter processo é igual a burocratizar. No entanto, o que a Duplo está se propondo a fazer é algo que vai além de processualizar todas as áreas: é o que chamamos por aqui de melhoria contínua. Norteada pelos principais guias de boas práticas em gestão de projetos, a Duplo criou sua própria forma de gestão, focada no modelo cascata do PMBOOK (Project Management Body of Knowledge, guia de práticas de gestão de projetos organizado pelo instituto PMI), sem esquecer boas práticas das metodologias ágeis. Outro ponto muito importante é que a agência possui competências multidisciplinares – atendimento, planejamento, programador, webdesigner – que caminham sob a mesma lógica de trabalho. Sim, o fluxo é o mesmo para o desenvolvimento de um vídeo ou de um hotsite, diferindo apenas no que se refere às suas atividades.

O que é o modelo cascata?

O modelo cascata do PMBOOK recebe esse nome por ser sequencial. Ele é visto como um fluir constante. Outra característica desse modelo são as entradas e saídas de cada fase. A fase 1 sempre precisará gerar saídas, que serão insumos para a fase 2. Por sua vez, a fase 2 terá sua entrega e irá gerar saídas que serão insumos para a fase 3. Para que se inicie a fase 2, portanto, é necessário concluir a fase 1, e assim por diante. Na Duplo, uma das etapas iniciais é a de pesquisas, que gera insumos para o desenvolvimento de demandas estratégicas e do planejamento de comunicação – este é um dos produtos mais importantes do nosso trabalho, com o qual é realizada uma ampla reflexão que abrange, entre outros aspectos, a realidade atual do cliente,seu futuro como marca e o cenário em que está inserido. A partir desse estudo, organizamos uma ferramenta que orienta nossas ações em momentos estratégicos do cliente ao longo de um ano (ou de um período específico), com o objetivo de organizar e planejar as demandas dentro de prazos adequados para o desenvolvimento de um trabalho de qualidade, de modo a atingir um objetivo maior traçado para a marca. Quando concluída essa etapa, as demandas seguem seu fluxo e são materializadas dentro da agência.

Em campanhas, o modelo cascata fica ainda mais claro, pois envolve muitas áreas. Para que o projeto evolua, é necessário que cada etapa seja concluída em sua totalidade, iniciando assim outras fases, que envolvem outras competências.


Modelo cascata de desenvolvimento de software

Por trás de todo fluxo de operação temos o PDCA (Plan, Do, Check, Act/Adjust), que visa tornar os processos da gestão de uma empresa mais ágeis, claros e objetivos. A melhoria contínua é um ciclo e ocorre dentro desse processo da seguinte maneira: Planejar, Fazer, Checar e Agir. Durante a execução, ao final de cada fase, é de suma importância analisar todo o processo, pontuar o que funcionou e o que não funcionou, e a partir desse diagnóstico reestruturar o que for necessário para novamente testar, na operação, o novo formato – a avaliação constante do processo é fundamental e faz parte da rotina de trabalho da Duplo. Resumindo, existe uma frase sobre melhoria contínua que diz: Tudo pode ser feito melhor do que está sendo feito. E é exatamente isso que a melhoria contínua tem como objetivo: evolução e excelência que elevam a qualidade do trabalho e a rentabilidade de empresas.

Construir um processo, elaborar um fluxo não é algo que se faz do dia para a noite. A agência vive adequando etapas, ajustando rumos, visando sempre uma entrega de qualidade. Mais do que cumprir prazos, há o que chamamos aqui de ENVOLVIMENTO, que se criou graças ao comprometimento de todos com o projeto de melhoria contínua. A Duplo comprova com vários cases de sucesso que processo e gestão podem, sim, ser aliados do processo criativo. É tudo uma questão de se adequar e fazer com amor o nosso trabalho.