LGPD: o impacto da Lei Geral de Proteção de Dados no marketing da sua empresa
Agência de publicidade: por que contratar, se posso internalizar?
Humildade situacional para resolver problemas (parte 2)

A gente ama esse trabalho por uma série de motivos. Uma das principais razões é a falta de uma rotina, sabe? Cada projeto é um novo desafio, e cada começo é sinônimo de novas experiências – algumas até bem inusitadas. Dia desses, por exemplo, estávamos aqui bem concentrados quando uma solicitação pouco comum nos tirou do sério (no melhor sentido possível).

Uma “profissional liberal do entretenimento adulto”, como a própria se definiu, não conseguia se achar no trajeto entre a sua casa e o Motel P90, onde um cliente a aguardava. Não sabendo a quem mais recorrer, ela não pensou duas vezes: sacou o smartphone da bolsa e, via Twitter, nos pediu indicações de como chegar ao destino. Nem é preciso dizer que boa parte da agência se comoveu com a situação da moça e prestou todo o apoio necessário:

Depois de alguma diversão, várias coordenadas e muitos trocadilhos, conseguimos conduzir a jovem ao motel. E foi para que outras pessoas nunca mais se percam na sua trajetória para o prazer que criamos as sinalizações abaixo, que estão fixadas em pontos estratégicos de Porto Alegre:

Porque a diversão pode começar antes mesmo de chegar no P90 =]