O conteúdo engajado da fanpage do ICD

LGPD: o impacto da Lei Geral de Proteção de Dados no marketing da sua empresa
Agência de publicidade: por que contratar, se posso internalizar?
Humildade situacional para resolver problemas (parte 2)

É chover no molhado dizer que produzir conteúdo para uma marca está longe de ser uma receita de bolo. Mas, às vezes, isso é quase literal: é preciso criar novas receitas de bolo, adaptar as receitas de bolo já existentes, buscar receitas de bolo em lugares inusitados. Quem diria que seria possível postar receita de bolo na fanpage do Instituto da Criança com Diabetes, por exemplo? A produção de conteúdo que fazemos por lá, o tema deste post, nos enche de orgulho por uma série de razões. E uma delas é transformar um assunto sério em algo leve, um cotidiano delicado em conteúdo informativo. E, por aumentarmos a visibilidade de uma organização tão nobre, saber que estamos ajudando a diferença. Mas que conteúdo é esse que postamos no Facebook deles?

Ora, nosso trabalho com o Instituto vai além da campanha anual para bombar a “Corrida para vencer o Diabetes” (causa que, como vocês já sabem, já nos fez chegar a ninguém menos que o maior corredor do mundo, UsainBolt). Se todos escutam falar no ICD em maio, mês em que acontece a corrida, nossa preocupação com a comunicação é cotidiana e se dá diariamente nos posts que fizemos na fanpage da marca. A essência do Instituto da Criança com Diabetes, que oferece suporte gratuito a mais de 2 mil crianças e adolescentes que sofrem com a doença, é extremamente otimista. Para muitos, trabalhar com crianças que desde cedo tem de aprender a lidar com uma enfermidade delicada poderia ser algo sério, mas por lá não é assim. E, modéstia à parte, transmitimos com maestria a natureza “pra cima” da instituição em nossa fanpage. Há informações sobre o diabetes, cuidados necessários no cotidiano e uma série de dicas de saúde, mas há, também, frases felizes, toques divertidos e uma série de receitas saudáveis pensadas especialmente para os pequenos que não podem comer açúcar. Lindo na teoria, mas e o resultado?

O resultado é um dos mais expressivos do Conteúdo da Duplo. Em tempos de Zuckerberg racionando a visibilidade dos posts, o engajamento que conseguimos por lá é quase inacreditável. Os posts alcançam milhares de likes, comentários e compartilhamentos, todos totalmente orgânicos. Além disso, criamos um canal bem-sucedido de comunicação, sanando dúvidas e auxiliando possíveis interessados em auxílio a contatarem a equipe do Instituto.

Vale sublinhar que, como o instituto não possui fins econômicos, toda a verba necessária para a realização do trabalho incrível que se faz por lá tem basicamente duas origens: doações de parceiros (pessoas ou empresas) e a arrecadação com a venda de camisetas para a tradicional Corrida para Vencer o Diabetes. Quanto mais pessoas souberem da existência do ICD, quanto mais pessoas ajudarem o instituto a continuar existindo, mais pessoas conseguirão driblar as consequências do diabetes. Em outras palavras, comunicação é mais do que essencial para o ICD. E o que nós recebemos em troca do nosso trabalho, ora, é um dos melhores pagamentos possíveis: a certeza de que, através da boa comunicação, estamos fazendo do mundo um lugar melhor.