Reciclar e poupar dinheiro, é só começar!

LGPD: o impacto da Lei Geral de Proteção de Dados no marketing da sua empresa
Agência de publicidade: por que contratar, se posso internalizar?
Humildade situacional para resolver problemas (parte 2)

Ah, esse é mais um dos projetos dos nossos clientes que nos enche de orgulho. Há pouco mais de 4 meses, a AES Sul deu início ao Recicle Mais, Pague menos, que como o nome já diz, é um projeto sustentável bacana que visa educar e incentivar a população a manter atitudes corretas em relação à destinação de resíduos. E mais ainda: dá aquela amenizada no bolso no final do mês.

Para contextualizar: só no primeiro dia de funcionamento do Projeto (que por enquanto está rolando na cidade de Canoas) foram recolhidos quase 80 quilos de material. E nessa lista, inclui-se vidro, papel, metal, plástico, etc. Aquele monte de coisas que aparentemente não tem mais utilidade em casa e que ficam só ocupando espaço, sabe? Bom, agora elas tem um “espaço” só pra elas. E se você, leitor(a) é de Canoas, não deixe de comparecer aos pontos de coleta (o endereço a gente dá no final do texto).

Uma das peças criadas aqui na casa para a divulgação do projeto:

Ok, muito legal aprender para onde vai cada resíduo e como eles se renovam e ganham novas utilidades. Mas para o consumidor, o que isso trás de prático e benéfico, além de ficar com a consciência limpa ao descartar corretamente o seu lixo residencial?

Para participar do Recicle Mais, Pague Menos é preciso levar os resíduos de metal, papel, vidro e plástico, sem limite de quantidade, até um dos postos de coleta com a conta de energia elétrica da AES Sul e fazer a adesão ao projeto. Os resíduos são pesados e o cliente recebe um tíquete informando o valor a ser creditado na próxima fatura de energia elétrica.

Para dar uma ideia do quanto se pode economizar, levamos em consideração um valor médio de R$ 0,25 por quilo de lixo (dados de sites especializados no segmento de reciclagem e sustentabilidade e pesquisas que apontam uma média mensal de vinte quilos de lixo produzidos mensalmente por pessoa).

Com base nestes valores, mais ou menos por cima, no mínimo teremos um desconto de R$5 na conta por mês. Bacana, né?

Só que teve gente que foi muito além disso e ZEROU a conta de luz. Sim, o caminhoneiro canoense Dovilio Zaminha foi o responsável pela proeza: juntando garrafas pet, latas de alumínio, plástico duro e vidro arrecadados na rua, obteve no mês passado 110 reais em crédito na conta da luz. Mas sabe qual é o valor médio que ele e a família gastam em luz? Mais ou menos 50 reais. Ou seja, o cara ainda tem acumulado 93 reais para gastar na próxima fatura da AES Sul. E certamente ele não será o único a conseguir esse feito!

Ah, para dar mais força e facilitar o entendimento do projeto, fazemos um trabalho gráfico bem focado no Recicle Mais, Pague menos na fanpage da AES no Facebook.

O infográfico lá do início do texto e esse aqui? Sim, é coisa nossa =)

Vale a espiada e a curtida, claro!   Acesse: https://www.facebook.com/AesSul.Energia

Ô loco, bixo! É a AES Sul apresentando uma bela solução para o descarte de lixo e ajudando o cliente a diminuir o valor da sua conta de energia elétrica no final do mês.

E claro, os endereços dos pontos de coleta: bairro Mathias Velho (Av. Rio Grande do Sul, 400), as trocas podem ser feitas segundas, quartas e sextas-feiras, das 8h às 14h, e no posto do bairro Guajuviras (Rua XX, 166), terças e quintas-feiras, das 9h às 12h e das 13h às 16h. Mesmo quem não reside em Canoas pode participar, desde que leve os resíduos até o posto de coleta. YES!