LGPD: o impacto da Lei Geral de Proteção de Dados no marketing da sua empresa
Agência de publicidade: por que contratar, se posso internalizar?
Humildade situacional para resolver problemas (parte 2)

Diz a sabedoria popular que quem trabalha dobrado é o preguiçoso. Nada! Quem duplica os esforços de verdade é o pessoal da Criação aqui da agência, que nunca sai com menos de DUAS opções de campanhas para apresentar ao cliente em uma reunião. É ele, o cliente, quem decide qual das duas linhas propostas vai ser veiculada e qual vai repousar eternamente em berço esplêndido aqui na Duplo M. Como a gente sempre acha as duas opções bacanas, resolvemos tirar do baú algumas campanhas não veiculadas para mostrar aqui.

Pra começar, a campanha da Grande Discoteca Brasileira, que acabou seguindo a linha criativa proposta no anúncio da esquerda, com Neys, Caetanos e Chicos:

MPBduas

E o Paulo Sant’Anna, que acabou indo parar no Youtube com seus fatos e lendas

paulo01

… Poderia ter seguido por esse caminho mais simples – mas igualmente bacana – aqui embaixo:

paulo2

E pra coleção Criar e Vender, também da RBS Publicações, a campanha aprovada foi essa aqui:

criar012

Enquanto essa, que tem um conceito um pouco diferente, chegou no auge da sua popularidade aqui nesse post.

criar02

Pronto, por enquanto é isso. Quando voltarmos lá no porão das campanhas alternativas pra engavetar estas, de repente trazemos outras para publicar aqui = )