LGPD: o impacto da Lei Geral de Proteção de Dados no marketing da sua empresa
Agência de publicidade: por que contratar, se posso internalizar?
Humildade situacional para resolver problemas (parte 2)

A gente confessa que não curte muito a palavra “cliente” – e já falamos um bocado sobre o porquê disso aqui, vale o clique para lembrar. Preferimos não usar, nem tratar os representantes das marcas que ajudamos a construir como… “clientes”. Mas, na falta de uma convenção melhor para definir essas pessoas que trabalham junto conosco, usamos o dia 15 de setembro, o Dia do Cliente, para lembrar os que estão do outro lado e que causam envolvimento com a gente de uma coisa:

Um bloco de notas para lembrar que temos muito pela frente e que estamos aí pro que der e vier!

Como a data caiu em um sábado, enviamos o mimo na sexta. E os retornos que recebemos por email, por telefone e pessoalmente nos deram aquela certeza de que envolvemos as pessoas certas. Como não dar mil likes na foto abaixo, homenagem que o pessoal da RBS Publicações postou assim que recebeu a nossa lembrança?

Mais um da série “ações que valem muito mais do que custam”.