Você certamente já foi impactado pelo inbound marketing

Também conhecido como marketing de atração, o inbound marketing ganha cada vez mais adeptos, sendo utilizado por inúmeras empresas, dos portes mais variados. Seu grande diferencial em relação às estratégias tradicionais é basicamente fazer com que potenciais clientes sejam atraídos sem uma abordagem invasiva.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vamos falar de forma resumida sobre como essas etapas funcionam: passamos pela atração, fazendo com que o lead identifique um problema a ser resolvido e oferecendo uma solução. No próximo passo, qualificamos o lead, obtendo mais informações para entender seu problema de forma mais aprofundada. Para fortalecer esse vínculo e gerar engajamento, munimos o lead com informações e conteúdos que sejam do seu interesse. Dessa forma, criamos uma aproximação, até que ele passe por todas as etapas e adquira o produto/serviço. Depois disso, vale lembrar, não podemos simplesmente abandoná-lo: precisamos de ações pós-venda para seguir impactando o agora cliente com conteúdos relevantes.

Na teoria é muito legal, e na prática também!

Em nossa visão, o inbound é qualquer ação de marketing que atraia um potencial cliente para uma base com o objetivo de conversão em venda. Justamente por esse motivo é importante ter nessa jornada mais do que somente anúncios diferenciados, campanhas atrativas, algumas interações humanas e ações de qualificação. Precisamos de monitoramentos diários para que a campanha seja constantemente ajustada, de modo a engajarmos de forma eficiente os públicos mapeados na estratégia inicial.

Além disso, é preciso conectar, cada vez mais, a área de marketing e qualificação com a área de vendas do negócio em questão. Só assim teremos relatórios mais assertivos e campanhas mais bem segmentadas, gerando resultados cada vez melhores. É uma via de duas mãos: assim como entregaremos leads mais qualificados para a área de vendas, esta deve dar feedbacks constantes sobre o status do lead. Essa conexão é essencial para que a estratégia dê certo.

Inbound no mercado imobiliário

No mercado imobiliário, a interação humana e as formas diferenciadas de abordagem, bem como a conexão entre o marketing e o comercial, são especialmente importantes, pois a venda apresenta um ticket alto e muito envolvimento do cliente. Existem variáveis complexas que acabam influenciando a venda: desde entender qual o imóvel ideal, passando pela qualificação e trabalho do corretor, visita ao empreendimento, negociação de valores, aprovação de financiamento etc. Mas, mesmo com todos esses fatores, a estratégia de inbound facilita a venda, pois os clientes, quando são abordados pela área comercial, estão muito mais próximos da compra devido ao relacionamento prévio desenvolvido no processo de inbound.

Para que essa gestão seja feita da forma mais próxima do ideal, é necessário utilizar alguma ferramenta de automação que auxilie a gestão dos leads. Hoje em dia, existem muitas, com foco desde a entrada do potencial cliente até o pós-venda. Uma das mais completas que já utilizamos na Duplo é o Pipz Automation, que gerencia o lead de forma completa desde a captação, passando pela automação até sua gestão através de um pipeline.

Quer saber mais sobre o inbound para o seu negócio? Clique aqui e vamos bater um papo.